Notícias

05/12/2017
CEMIG ameaça trabalhadores com possibilidade de demissões

Nesta segunda-feira, 04/12/2017, a Cemig apresentou nova proposta aos sindicatos que ainda não assinaram o ACT 2017/2019. Numa clara demonstração de prática antissindical, a empresa profere o maior ataque ao principal direito dos eletricitários, retirando a cláusula que proíbe as demissões arbitrárias, ou seja, ameaça com a possibilidade de demissão indiscriminada de trabalhadores.

No atual contexto de vigência da nova legislação trabalhista, em que a violação dos direitos dos trabalhadores passou a ser considerada “legal”, impedir que a empresa retire o principal direito do trabalhador eletricitário, ou seja, o direito ao trabalho, caberá aos sindicatos e aos trabalhadores que ainda não têm seu contrato coletivo de trabalho assinado com a Cemig. Nesse sentido, orientamos aos trabalhadores da Cemig e seus sindicatos que REJEITEM essa nova proposta da empresa e permaneçam unidos, ao menos para tentar resgatar a garantia de emprego. Nessa hora, esse é o direito que mais importa ao trabalhador.

Esclarecemos aos trabalhadores representados pelos sindicatos que assinaram o novo ACT com a Cemig na vigência da lei anterior à reforma, ou seja, até o dia 10 de novembro de 2017, que todos os direitos constantes do ACT anterior foram mantidos naquele acordo, inclusive a garantia contra demissões arbitrárias, e todos estão em plena vigência. Os trabalhadores representados pela Federação URBANOS/MG, pelo SINDSUL, pelo Sindicato dos Eletricitários de Santos Dumont e pelo SENGE, além daqueles que por ventura tenham aderido ao referido ACT, continuam gozando da garantia de emprego constante na cláusula 56ª, que proíbe as demissões arbitrárias por dois anos. Essa nova proposta da Cemig valerá apenas para os trabalhadores representados pelos sindicatos que aprovarem tal proposta.

Por isso, mais uma vez, alertamos para que os trabalhadores da CEMIG e seus sindicatos REJEITEM essa nova proposta da empresa.

Everson de Alcântara Tardeli - Presidente da Federação URBANOS/MG

Especialista em Economia do Trabalho e Sindicalismo (UNICAMP)

Mestre em Serviço Social (UNESP)

© 2014 Urbanos MG - Todos os direitos reservados